Características culturais e de clima destacam a dermatologia brasileira no cenário mundial
09/10/2012

Posse de dermatologista brasileiro em entidade internacional reforça avanços do país no setor

O dermatologista carioca Omar Lupi, de 45 anos, é o médico mais jovem a ocupar o cargo de vice-presidente do Colégio Ibero Latino Americano de Dermatologia (CILAD), instituição com 64 anos de tradição. Lupi tomou posse há duas semanas em Sevilha, na Espanha.

“Essa nomeação reforça os avanços da dermatologia no cenário brasileiro. Nossa literatura médica e nossas pesquisas são referência para pesquisadores do mundo inteiro. O Brasil tem características típicas, como o clima tropical, que propiciam a pesquisa das manifestações cutâneas decorrentes dessas condições climáticas. A cosmiatria também teve um grande impulso no país, o que tem a ver com a nossa cultura que prevê maiores cuidados com a aparência. O Rio de Janeiro foi escolhido para sediar o congresso latinoamericano de dermatologia que é referência no setor, em novembro de 2014, reforçando a importância dos avanços do Brasil nesse setor.”

Além de membro da Academia Nacional de Medicina, Omar Lupi é pesquisador, professor e assessor do Ministério da Saúde para o Centro de Respostas Rápidas para Viroses Emergentes. O médico tem pós-doutorado em Imuno-Dermatologia pela Universidade do Texas (EUA) e escreveu livros que são referência no meio acadêmico, entre eles “Herpes” (2010), “Câncer de Pele” (2001), “Tropical Dermatology” (2006) e “Cutaneous Manifestations of Viral Disorders” (2009), além de ter mais de duas centena de artigos publicados nos principais periódicos nacionais e internacionais de dermatologia.

Lupi foi presidente nacional da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é professor de pós-graduação em Dermatologia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e do curso de Imunologia e Alergia da UFRJ. O dermatologista também é presidente do Instituto Protetores da Pele, que tem como objetivo conscientizar a sociedade da importância da prevenção das doenças de pele.

Da esq. para a dir.: Carlos Fernando Gatti (presidente do CILAD 2008/12), J de Jesus Ocampo Candiani (presidente do CILAD 2012/16), Denise Steiner (Secretária Geral do XX Congresso do CILAD -Rio 2014) e Omar Lupi (vice-presidente do CILAD (2012/16) e presidente do XX Congresso do CILAD – Rio 2014).

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados