AMB lança o projeto Salve Saúde
07/12/2012

Em Brasília, no último dia 4 , a AMB lançou o projeto Salve Saúde – O futuro promete. Chegue bem lá. O objetivo da iniciativa é reduzir a incidência de doenças crônicas não transmissíveis na população brasileira. Também apoiam a causa as especialidades médicas que compõem o Conselho Científico da AMB, Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas (ABCD) e o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP). Patrocinaram o evento a Bradesco Seguros, MSD e Qualicorp.

Na ocasião, foi apresentado o site: www.salvesaude.com.br , que pretende tornar-se referência e fonte de informação confiável a respeito dos hábitos que podem contribuir para o bem-estar e a longevidade das pessoas.

“Queremos levar conteúdo baseado em evidência científica escrito e chancelado pelas sociedades de especialidade. O Brasil espera, a partir de 2030, a diminuição da população com pico de envelhecimento em 2050. Graças aos avanços da medicina, desejamos que os brasileiros envelheçam mais saudáveis e quem já desenvolveu doenças crônicas não-transmissíveis que consiga controlá-las melhor e viver com mais qualidade. Tenho convicção que chegaremos bem ao futuro”, disse Cardoso.

Compuseram a mesa da solenidade: Florentino Cardoso, presidente da AMB; Nise Yamaguchi, oncologista e uma das idealizadoras do projeto; Silvio Cecchetto, presidente da ABCD; Emil Razuk, presidente do CRO-SP; Sérgio Galvão, representante da Bradesco Seguros; João Sanches, diretor de Assuntos Corporativos da MSD; Elon Gomes de Almeida, representante da Qualicorp; Elias Fernando Miziara, secretário adjunto de Saúde do Distrito Federal; José Abrahão, presidente da Confederação Nacional de Saúde; deputado federal Darcísio Perondi, presidente da Frente Parlamentar de Saúde; Luiz Odorico Monteiro de Andrade, secretário de Gestão Estratégica do Ministério da Saúde e representante do ministro Alexandre Padilha.

O presidente da AMB encerrou o evento lembrando aos presentes que o site Salve Saúde valoriza e está aberto à contribuição das Sociedades de Especialidade. “Os médicos podem enviar novas informações a qualquer momento. Além disso, é possível colocar vídeos e relatos de experiências inspiradoras de pessoas que se beneficiam com a adoção de hábitos mais saudáveis”, finalizou.

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados