Uso de formol pode irritar a pele, afetar a respiração e causar câncer, indica relatório da Anvisa
27/09/2017

Utilização de formol encabeça rol de problemas em salões de beleza, segundo Anvisa

Relatório da Anvisa apontou os principais acidentes que costumam ocorrer dentro dos salões de beleza. No topo da lista está o uso do formol. Há quem procure esses espaços para ficar com o cabelo liso.

E a fim de conferir ao cliente o resultado esperado, alguns cabeleireiros apostam no formol. Entretanto, a dosagem permitida é de até 0,2% – nessa quantidade, o produto não promove o alisamento.

O uso do formol tende a irritar a pele, acarretar queimaduras, coceira nos olhos e, se inalado, pode causar graves ferimentos no aparelho respiratório, bem como dor de garganta e tosse. Além disso, é considerado cancerígeno pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Uma outra irregularidade que às vezes acontece nesses salões, mesmo sendo proibida, é o reaproveitamento da cera para depilação. Essa prática também pode provocar irritação na pele, infecção e, ainda, micoses, ocasionadas por fungos.

Fonte: Bem estar (G1).

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados