Tratamento correto pode ajudar a amenizar as olheiras
06/08/2015

Quem tem olheiras não gosta e faz de tudo para disfarçar. Corretivo, pepino, mais tempo dormindo, maquiagem… muita maquiagem. A olheira é a área escurecida da pálpebra, que pode vir junto com flacidez e bolsas de gordura. Nem sempre essa área tem relação com o cansaço. A olheira muitas vezes é genética e costuma ser percebida após os 30 anos, com o envelhecimento da pele.

Antes de escolher o tratamento é preciso definir qual o seu tipo de olheira. Pode ter a ver com a genética, com a perda de peso.

Alguns tratamentos são bastante eficazes para amenizar a olheira: laser, peeling, ácido hialurônico, radiofrequência pulsada com microagulhas. O Bem Estar recebeu os dermatologistas Márcia Purceli e Emerson Lima para falar sobre tratamentos e tipos de olheiras.

O peeling é feito com o ácido fenol. O ácido é passado na olheira e causa uma inflamação. No lugar da olheira forma-se uma casca grossa, ela cai e a pele fica clarinha. O fenol também estimula a produção de colágeno, que ajuda a conter as bolsas de gordura. Já no laser, a luz aplicada nas olheiras procura o pigmento castanho e o destrói. Nas partes em que foi feita a aplicação a olheira desaparece.

O ácido hialurônico é indicado para diminuir a profundidade. A substância é aplicada na derme alta e preenche a depressão da pele deixada pela falta de gordura. Ele não age na pigmentação, mas melhora a cor da olheira porque cria um volume entre a pele e os vasinhos.

A radiofrequência pulsada com microagulhas é um outro tratamento. Com o aparelho para destruir os pigmentos são feitos pequenos furos na pálpebra inferior inteira, onde está a olheira. O colágeno coagula, a pele se retrai imediatamente e as olheiras desaparecem.

Blefaroplastia
Quando você começa a reparar no espelho o olhar pesado, triste, aparentando sempre cansaço, pode ser o sinal da ação do tempo na pele dos seus olhos. A primeira preocupação é sempre a aparência, mas os problemas podem interferir na visão também.

A blefaroplastia é uma cirurgia nos olhos. O corte é feito na curva da pálpebra para tirar o excesso de pele e gordura. A mesma coisa pode ser feita na parte debaixo do olho, perto dos cílios. O paciente tem alta no mesmo dia e o resultado vem em dois meses.

 

Veja o conteúdo completo no site do Programa Bem Estar.

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados