Suco de limão em contato com a pele pode causar manchas?
24/04/2017

Sim, é verdade. O limão como acompanhamento de drinques e petiscos é uma delícia, mas seu manuseio requer atenção e cuidados.

Essa fruta pode causar um fenômeno chamado fitofotodermatose. Trata-se de uma interação agressiva de substâncias presentes no limão com a luz do sol. “Os efeitos negativos incluem dermatites, eczemas e processos inflamatórios na pele. Em alguns casos, podem ocasionar processos alérgicos que coçam e, eventualmente, causam bolhas”, explica Claudio Wulkan, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Americana de Dermatologia e do Hospital Albert Einstein.

Outras variedades como cajá, caju e umbu também produzem o mesmo efeito, de acordo com o médico. “O suco delas causa uma espécie de queimadura superficial. Já atendi vários pacientes que, mesmo em contato com o limão no dia anterior, lavando a mão e utilizando protetor solar, apresentaram manchas ou leves queimaduras com bolhas depois da exposição ao sol”.

Nesses casos, a queimadura é bem característica, pois forma um “desenho” escuro na superfície da pele.

“O tratamento é feito com cremes antiinflamatórios à base de corticoide e, depois que o processo inflamatório ceder e ficar só uma mancha na pele, alguns cremes clareadores à base de hidroquinona podem ajudar. Casos mais severos devem ser consultados com o dermatologista”, complementa Wulkan.

A mancha também pode sumir espontaneamente ao longo de algumas semanas ou meses.

Fonte: Veja SP

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados