Rugas na pele: como tratar os sinais de envelhecimento que já podem ser notados?
01/02/2018

As rugas e linhas de expressão, sinais do envelhecimento da pele, podem aparecer precocemente por conta da exposição à radiação solar e poluição sem proteção, falta de hidratação ou até mesmo devido à privação do sono. Entretanto, elas não devem ser consideradas um problema, mas, sim, como um fator que tem a ver com o estilo de vida do paciente. Para quem não pretende exibir essas marcas antes do tempo, é importante prevenir e tratar. A dermatologista Livia Luna, do Rio de Janeiro, explicou como encarar as primeiras rugas. Confira!

As primeiras rugas começam a ser notadas ainda na juventude

As primeiras rugas, sinais do envelhecimento da pele, podem ser prevenidas e tratadas com alguns cuidados diários

De acordo com a médica, “as primeiras rugas de expressão podem ser notadas aos 25 anos, mas, é a partir dos 30 que esses sinais são mais observados”, esclareceu. Também é importante lembrar que essas linhas acabam sendo mais comuns em pessoas que ficam expostas mais tempo às agressões externas, como a radiação solar, poluição, tabagismo, álcool e má alimentação.

É possível tratar os sinais de envelhecimento, como rugas e flacidez, já instalados

Se as rugas são motivo de incômodo para você, a solução é buscar um tratamento ideal com seu dermatologista. É muito importante consultar um médico, pois antes de indicar a terapia, ele levará em conta a idade, o tipo de pele e os sinais presentes. Segundo a Dra. Livia, “o uso de medicamentos com ácido retinoico acaba sendo o preferido nestes casos”. O ativo ajuda a afinar a pele, melhorando sua qualidade, dando luminosidade, além de estimular a produção de colágeno e melhora das rugas”, garantiu.

Com alguns cuidados, é possível prevenir o aparecimento de mais sinais de envelhecimento

“Um bom acompanhamento, desde cedo, com o dermatologista, adotando uma limpeza adequada da pele, uso diário de filtro solar e até de início de alguns dermocosméticos específicos, ajudam, sem dúvida, a prevenir o envelhecimento cutâneo”. Outros tratamentos muito utilizados são os que contam com antioxidantes – substâncias que ajudam a neutralizar a produção de radicais livres e, consequentemente, combater o envelhecimento extrínseco. Seu uso também pode evitar novas rugas, além de uniformizar o tom da pele, melhorar a flacidez, e ajudar a prevenir um possível câncer de pele.

A vitamina C é um dos antioxidantes mais potentes na prevenção e tratamento dos sinais do envelhecimento. Antioxidantes contendo sua forma pura, o ácido L-ascórbico, são fortes aliados nos cuidados anti-idade não somente impedindo a ação nociva dos radicais livres, mas também aumentando a produção de colágeno, uniformizando a tonalidade da pele e aumentando a luminosidade.

Fonte: DermaClub

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados