Quatro fatos sobre o ácido hialurônico: veja curiosidades de um dos ativos preferidos dos dermatologistas
15/12/2017

Conheça alguns fatos importantes sobre o ácido hialurônico, ativo que ajuda a devolver a hidratação da pele

Ele compõe todo o nosso organismo – desde os olhos até o fluido das articulações. Porém, é na pele que está localizada sua maior quantidade, correspondendo a 50% de todo o corpo. Além de ser muito presente no organismo, o ácido hialurônico é um ativo encontrado na formulação de vários dermocosméticos. Esta substância proporciona uma série de benefícios para diferentes idades – seja para a pele madura ou para quem já percebe os primeiros sinais do envelhecimento precoce. Quer conhecer outras curiosidades sobre essa substância? A dermatologista Christiane Gonzaga, de São Paulo, listou alguns fatos do ácido hialurônico. Confira!

1) Você sabia que o ácido hialurônico é um ativo super-hidratante?

De acordo com a médica, “o ácido hialurônico é um glicosaminoglicano, ou seja, um ativo que favorece a retenção de água e, consequentemente, proporciona a hidratação da pele, estimulando também a produção das fibras de colágeno, que garante viço e firmeza à camada mais profunda da pele”, explicou.

2) O uso conjunto do ácido hialurônico com antioxidantes ajuda na proteção contra a poluição, radiação solar e outros agentes externos

Além de hidratar, o ácido hialurônico permite que a pele fique mais forte, “com uma barreira de proteção maior e potente contra os agentes externos, como o vento, poluição, radiação solar, entre outros”, disse. Segundo a médica, a substância também funciona como um eliminador natural de radicais livres – moléculas que colaboram para o processo de envelhecimento.

3) A substância previne contra os sinais do envelhecimento precoce

Os sinais do envelhecimento podem significar a diminuição dos níveis de ácido hialurônico. “Quando chegamos aos 70 anos, por exemplo, a quantidade da substância na pele é apenas 1/3 da quantidade comparada aos 20 anos”, explicou a dermatologista. Desta forma, o processo causa a perda de contorno e volume do rosto. Mas, para quem deseja combater esses impactos, a Dra. Christiane indica uma solução: “O ácido hialurônico injetável é capaz de restabelecer estes sinais de envelhecimento”, explicou.

4) Seu tratamento pode ser feito em casa ou no consultório dermatológico

O ácido hialurônico pode ser encontrado na formulação de muitos dermocosméticos, a fim de melhorar a textura e hidratação da pele, e também pode ser utilizados em procedimentos realizados em consultório. “A aplicação ajuda a hidratar, melhorando a textura, linhas finas e devolve o viço à região. Também podemos aplicá-lo nos sulcos e rugas profundas para dar volume ao rosto envelhecido”, finalizou.

Existem ainda opções de tratamento com dermocosméticos que aumentam os níveis globais de ácido hialurônico, desde a epiderme, camada mais externa da pele, até a derme, região onde se encontra o colágeno. Ao estimular a pele a produzir o ácido hialurônico, sinais como rugas, linhas finas, perda de volume e firmeza, podem melhorar de maneira considerável.

Fonte: DermaClub.

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados