O fim do botox?
26/04/2013

[Por Thais Sakuma]

Na vanguarda do rejuvenescimento

Tive a honra de ser recebida pelo Dr. John Allison na empresa America Myosciences, que acaba de lançar na Europa o aparelho Ioveraº como o primeiro tratamento do mundo sem toxina para a suavização de rugas e linhas de expressão.

O aparelho age através do principio da Terapia de Resfriamento Focado. É composto por uma ponteira contendo agulha descartável, conectada a um cartucho contendo nitrogênio liquido, que é o responsável pelo resfriamento da agulha após a sua introdução na pele. A agulha resfria o nervo, que entra em processo de dormência, permitindo assim que o músculo do rosto se relaxe e não forme mais as rugas de expressão.

Primeiro o médico seleciona os ramos dos nervo a serem resfriados, através de um aparelinho chamado TENS – estimulação elétrica nervosa transcutânea. Sendo assim, são selecionados apenas os ramos que promovem as rugas que queremos tratar.  O paciente recebe anestesia local e, após, o médico inicia as aplicações. O tempo total do procedimento gira em torno de 15 minutos. Os principais efeitos colaterais são hematoma, edema e dor local, que são transitórios e resolvem espontaneamente em 1 semana.

O efeito é imediato e dura de 2 a 4 meses. Acredito que não veio para substituir o atual uso do botox, mas servirá como um arsenal a mais para tratarmos pacientes que desejam rejuvenescer, mas não querem fazer uso da “toxina” botulínica. O uso do Ioveraº já foi aprovado na Europa e nos EUA aguarda liberação do FDA – Food and Drug Administration (órgão responsável pela liberação de medicamentos nos Estados Unidos). No Brasil, acredita-se que estará disponível para comercialização em até 1 ano. Como para tudo que é novo, aguardamos mais estudos que demonstrem a segurança deste novo método a longo prazo.

Thais Sakuma

Dra. Thais Sakuma

Membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)
Pesquisadora Associada da Universidade da Califórnia, São Francisco.

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados