Não deixe a sua pele nas mãos de qualquer um
08/08/2012

A sua pele é muito importante… e complexa!

A pele corresponde a aproximadamente 16% do peso corporal e exerce diversas funções, como regulação térmica, defesa orgânica, controle do fluxo sanguíneo, proteção contra diversos agentes do meio ambiente e funções sensoriais (calor, frio, pressão, dor e tato). A pele é um órgão vital e, sem ela, a sobrevivência seria impossível. Leia mais sobre a sua pele >>

A vaidade começa pela pele

Além destas funções, a pele é também a nossa imagem para o mundo. Ela diz muito sobre nós e a nossa auto-estima está intimamente ligada à sua aparência. Por isso existem incontáveis produtos destinados a cuidar dela. Mas cuidado, antes de aplicar qualquer produto e, principalmente, antes de se submeter a qualquer tratamento, consulte-se com o profissional especialista na saúde da sua pele, o dermatologista.

Quem é o médico dermatologista?

A dermatologia é uma especialidade médica, assim como a cardiologia, a pediatria ou a ortopedia. Para entender este complexo órgão, o médico dermatologista estuda seis anos na universidade, dedica-se três anos à formação específica na área dermatológica e presta uma concorrida prova para obtenção do título de especialista. Veja no site da Sociedade Brasileira de Dermatologia se o seu médico tem o título de especialista em dermatologia.

A Academia Americana de Dermatologia explica que os dermatologistas recebem treinamento em:

> Dermatologia clínica: diagnosticar, tratar e prevenir doenças que afetam a pele, cabelos e unhas.
> Dermatopatologia: diagnosticar doenças que afetam a pele, cabelos e unhas, removendo uma amostra e a examinando com um microscópio.
> Cirurgia Dermatológica: tratar doenças que afetam a pele, cabelos e unhas usando um procedimento cirúrgico.
> Dermatologia Cosmiátrica: tratar da pele, cabelo ou unhas usando um tratamento que se destina a melhorar a aparência de um paciente ao invés de tratar uma doença.

Beleza a qualquer preço não compensa!

Hoje, tratamentos estéticos vêm sendo vendidos em atacado, especialmente em sites de compra coletiva. Atraídas pela facilidade do baixo custo e do resultado rápido que é propagandeado, mais e mais pessoas têm se submetido a tratamentos com profissionais sem a qualificação necessária para executá-los. São inúmeros os casos de complicações decorrentes destes procedimentos, algumas muito sérias, como o caso em que 19 mulheres foram contaminadas em uma clínica de estética (leia  a matéria).

Por isso, se você identificar qualquer anormalidade na sua pele ou tiver interesse em realizar algum tratamento estético, procure o seu dermatologista.

Ajude-nos a divulgar esta campanha

Nós, do Instituto Protetores da Pele, entendemos que a melhor forma de evitar que o número de pessoas insatisfeitas, iludidas ou até com sua saúde prejudicada continue aumentando é através da conscientização da população. Por isso pedimos a sua ajuda na divulgação desta campanha. Faça o download e compartilhe a imagem abaixo nas redes sociais. Assim, faremos a informação chegar ao maior número de pessoas possível.

CLIQUE AQUI para fazer o download do folheto e da imagem ao lado para divulgação nas redes sociais.

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados