FDA autoriza medicamento que adianta tratamento de melanoma avançado
18/11/2015

A FDA (agência americana que controla o uso de medicações) aprovou o inibidor de MEK da empresa Genentech, conhecido como cobimetinib  (Cotellic) em combinação com o inibidor da BRAF conhecido como vemurafenib (Zelboraf) para o tratamento de melanoma avançado que se espalhou ou não pode ser removido por cirurgia. Em um estudo clínico randomizado, 495 pacientes receberam vemurafenib associado com o cobimetinib ou com um placebo. Os pacientes que receberam cobimetinib se beneficiaram com um atraso no tempo que levou para a sua doença a agravar-se quando comparados aos pacientes que receberam somente o placebo (12,3 meses após o início do tratamento versus 7,2 meses após o início do tratamento, respectivamente). Os pacientes que receberam cobimetinib também viveram mais tempo do que os doentes tratados com placebo, e mais pacientes no cobimetinib experimentaram retração completa ou parcial de seus tumores do que os tratados com o placebo.

De acordo com a FDA, os efeitos secundários mais comuns para os doentes nesta terapia de combinação foram: diarreia, fotossensibilidade, náuseas, febre e vômitos.

O tratamento de melanoma está passando por uma revolução. Assista aos especialistas discutirem novos tratamentos biológicos para melanoma em uma nova série de vídeo chamada Mesa Redonda de Dermatologia Mundial. Saiba mais sobre produtos biológicos que estão fazendo progressos contra melanoma metastático nos links abaixo:

Diagnosis: Melanoma – Dermatology World (May 2014)

Discovering hope – New targeted and immune therapies prolonging survival in metastatic melanoma – Dermatology World (May 2014)

Melanoma incidence rising – Dermatology World (May 2014)

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados