Anvisa aprova novo medicamento contra melanoma
09/05/2016

O cobimetinibe é o mais novo medicamento a ter o registro liberado pela Anvisa para o tratamento de melanoma metastático. Estudo coBRIM de fase III atestou, recentemente, que a combinação de cobimetinibe, inibidor de MEK, e vemurafenibe, inibidor de BRAF, tem maior taxa de resposta e sobrevida livre de progressão quando comparado à ação do vemurafenibe com placebo em melanoma com mutação BRAF positiva.

Com a aprovação do registro, que foi publicado no Diário Oficial da União do dia 2 de maio, o tratamento combinado fica liberado para uso em pacientes cujo estágio de melanoma encontra-se avançado, aumentando as chances de controle e regressão da doença.

O estudo recrutou 495 pacientes sem tratamento anterior, com melanoma irressecável localmente avançado ou mestastático e mutação do gene BRAF V600. O grupo foi randomizado para receber ciclos de tratamento de 28 dias de vemurafenibe de 960mg, duas vezes ao dia em uso contínuo, associado a 60mg diários de cobimetinibe ou placebo do primeiro ao 21° dia de cada ciclo, até a progressão da doença.

Os pacientes que receberam a combinação dois dois medicamentos mostraram uma melhora significativa na sobrevida livre de progressão, com uma média de 9,9 meses até o avanço da doença, em comparação aos 6,2 meses do grupo do placebo, e uma redução de 49% no risco de progressão. Também apresentaram uma taxa de resposta objetiva em 70% dos pacientes com a combinação, comparado a 50% dos pacientes com o uso de vemurafenibe.

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados