62% da população brasileira não usa filtro solar
21/12/2012

As férias estão chegando e a tendência é a população passar a frequentar mais as praias do Brasil. Para essas pessoas especilamente, o uso do protetor solar é indispensável. Mas a dica vale também para quem vai continuar trabalhando, afinal, o sol nasce para todos.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), 62% da população não aplica o filtro solar antes de expor-se sol. Uma das principais consequências disto é o câncer de pele, o de maior incidência no país. A dermatologista Luiza Cavaleiro esclarece algumas dúvidas.

Benefícios e frequência
Quem usa o protetor solar regularmente terá menos manchas escuras, sardas, rugas e estará mais protegido contra o câncer de pele. O filtro solar deve ser aplicado quinze minutos antes da exposição ao sol e reaplicado de duas em duas horas ou de três em três horas. Se o suor for intenso ou houver contato com a água, o intervalo deve ser menor entre uma aplicação e outra.

“É muito importante o paciente saber que há diversos protetores solares no mercado e que o dermatologista deve orientar o melhor produto para cada tipo de pele”, afirma Luiza Cavaleiro.

Estar vestido elimina o uso do filtro solar?
Segundo a dermatologista, alguns tecidos de roupas, como transparências ou com fibras muito separadas, podem permitir a passagem de radiação solar. “Mas de uma maneira geral, a maioria dos tecidos não permitem a passagem dos raios. Portanto, não há necessidade de passar o protetor solar quando se usa calça jeans e camisa, por exemplo, somente na área do corpo não coberta pela roupa”, explica.

Outras doenças
Além do câncer de pele, a exposição ao sol sem o uso do protetor pode causar lesões de pele pré-malignas, piora de olheiras, rugas e manchas de pele, como melasma, sardas, melanoses solares, surgimento de coloração rosada da face e do colo e envelhecimento da pele por ação da radiação.

Você pode descobrir qual o risco de contrair o câncer de pele acessando o site da Sociedade Brasileira de Dermatologia (http://www.sbd.org.br/).

Compartilhe este post!

Post by admin

Posts Relacionados